"In three words I can sum up everything I have learned about life: it goes on."


Thursday, February 26, 2015

85

Os dias levam 
Uma vida inteira
Pra passar
Já as noites,
A eternidade. 

Monday, February 09, 2015

84

I wanna tell you there is a moment before I fall sleep you're always on my mind. I cannot tell you what I exactly think about but I know you are always there and it feels surprisingly real. I wanna tell you every day when it hits nine o'clock at night over here I think about you because I know that is when you are waking up over there. I wanna tell you every day when I am coming back from work at four o'clock in the morning it is raining and there are these really creepy lightenings on the sky and all I can think is that the weather is just a reflexion of what goes inside of me for not coming home to meet you.  It does not matter how sunny the day was, it is always overcast here when it is dark.
I wanna tell you I miss those Fridays when I'd come to see you at work after missing you for four long endless days and you'd smile and give me the tightest hug from behind, then I would go home and count the seconds until I would listen the beep from you car alarm and know you were finally mine and only mine for the rest of the weekend.

I wanna tell you these paragraphs have been on my notes for a couple of months now and unfortunately I do not really feel like that anymore. And that do not missing you so much is in fact more heartbreaking than missing you. :/

Monday, February 02, 2015

83

(Vou escrever-te um texto inteiro em parênteses pois em parênteses escrevemos o que pensamos e não o que dizemos.
A verdade é que hoje vejo e acredito completamente que tu nunca me amou. Que eu te amei de montão e tudo que tu sentias por mim era uma estranha e doentia obsessão de algo que tinha que ser teu, por ego, luxúria, gula, ostentação ou qualquer outro pecado que queiras inserir aqui. Mas que não era amor, eu tenho certeza.
Acredito que se fosse amor nunca terias me deixado ir. Sei disso pois se a escolha fosse minha eu nunca te teria deixado ir. Eu teria feito o possível e o impossível para te manter ao meu lado. Mas isso é algo que eu jamais poderia dizer-te, pois tinha que vir de ti, assim sendo, botei em tuas mãos para ver o que farias e rezei pra Deus, pra Buddha, pro universo, pra qualquer força maior que eu - nós - que fizesses o que eu faria, mas claro que não fez. E não só fizestes diferente, como fizestes o completo oposto do que eu esperava. Sabe como falam, expectations are a bitch. Fizesses o oposto do que eu acredito que alguém que realmente amava de verdade faria. Não que eu seja expert no quesito amor, mas, meu-deus! Se reages deste modo ao amor fico-me me perguntando como reagirias se me odiasse.
Constantemente me pergunto se eu ainda apareço nos teus pensamentos de vez em quando. Se aquele eu te amo ainda está escrito no espelho do teu banheiro. Se ainda vestes a minha blusa vermelha pra dormir. Se todos os meus chás, biscoitos, chocolates, ainda estão no armário da tua cozinha ou se jogastes tudo fora ou ainda se tu os oferece para tuas novas - velhas - garotas.
Me pergunto tantas coisas! Me pergunto em que nível está a garrafa de lubrificante em baixo da pia do banheiro e quais coisas pervertidas andas fazendo com aquilo - e com quem, e se andas manchando muito teus lençóis, se elas dormem aí ou se tu as manda embora logo depois. Se tu as deixa vestirem a minha camiseta vermelha depois do sexo. O que respondes quando elas te perguntam sobre o eu te amo do espelho - se ele ainda estiver lá.
Enfim, me pergunto todas essas coisas, mas nunca as perguntarei pra ti. Acho que meus pensamentos e perguntas towards you acabaram. Era só isso que restava... Chegou a hora de fechar esses parênteses.)

82

Me pergunto se pensas em mim como penso em ti
Ainda lembro de ti um trilhão de vezes ao dia
O amor já passou (eu acho)
Mas as lembranças ainda residem lá (aqui)
Lembro que naquela manhã
Eu sabia que era a ultima manhã (pra sempre)
E por isso me doeu tanto
E por isso talvez chovia, também
É como se o céu fosse constantemente um reflexo dos meus sentimentos
Tão triste pensar como as coisas mudam
E se acabam assim, sem mais nem menos, sem ao menos avisar que estão se acabando
Sem dar adiós tchau au revoir bye
Ou qualquer outra palavra que signifique despedida em alguma outra língua estrangeira
Só se acaba
Assim
Sem mais nem menos sem fim.