"In three words I can sum up everything I have learned about life: it goes on."


Thursday, February 18, 2010

Vermelhosangue e plasma

Vermelhosangue é uma cor, sangue vermelho é um fato. É que todas as palavras sufocadas pela boca seca, hoje foram expelidas em sangue. Todos os moveis brancos agora estão sujos, as paredes com incontáveis manchas escuras. Sangue seco. Ar seco. Gelo seco. Gelo e sangue. O plasma pinga e respinga na minha janela, escorre e amarela o chão branco - como o cigarro amarela os dentes. Chão sagrado, intocado e sublime. Não acostumado com objetos estranhos mudou de cor pelo toque da substância.
Os elementos figurados e as substancias dissolvidas intoxicam o cômodo - e as artérias hemorrágicas continuam a jorrar. Em tardes como essa a saudade é vermelha. Vermelhosangue. Vermelhosangue é uma cor... já falei?